Monique Alencar

jorn_mmabelle@hotmail.com Twitter: @Monique_Alencar

Inscrições para o concurso da PM começam nesta quinta-feira (3)

Sites especializados em concursos públicos já estão divulgando os editais.

A Polícia Militar do Amazonas estará divulgando nesta quinta-feira (3) o edital referente ao concurso público que a instituição irá promover com o objetivo de preencher 2.473 vagas distribuídas da seguinte forma: duas mil vagas para soldado, 405 para oficial, 39 para agentes de saúde da PM e 29 para cabos especialistas, este último destinado apenas aos soldados da corporação.

O valor das inscrições varia de R$ 50,00 a R$ 70,00, dependendo do cargo.

Para os soldados o salário inicial é de R$ 1.104,00. Após a formação o salário sobre para R$ 1.637.33; No caso dos oficiais, a remuneração básica inicial é de R$ 3.274,66 e para aspirante a policial militar é de R$ 3.400,60. Os agentes de saúde terão salários a partir de R$ 3.400, 60. Para os candidatos aprovados na seleção interna de cabos especialistas o salário será de R$ 1.685.06

No caso dos agentes de saúde da PM, há vagas para dentistas, veterinários, farmacêuticos, bioquímicos, enfermeiros, psicólogos e fisioterapeutas.

As inscrições serão feitas apenas pela internet por meio do site www.isaeamazonia.org.br no período de 3 de fevereiro à 10 de março.

O Comando da PM no Amazonas tem feito suspense na divulgação do edital, mas diversos sites especializados em concursos públicos já estão com os documentos disponíveis para download.

Siga-nos no twitter: www.twitter.com/ReporterOnline2

Anúncios
Publicado por: Repórter Online | 3 de fevereiro de 2011

Economia>> Shoppings promovem liquidações de até 70% de desconto

Monique Alencar

jorn_mmabelle@hotmail.com   Twitter: @Monique_Alencar

Shoppings promovem liquidações de até 70% de desconto

Queima de estoque começa nesta quinta-feira (3) e vai até o domingo (6). Coleção primavera/verão vai ser vendida para dar lugar a nova coleção

A queima de estoque dos shoppings de Manaus continua no mês de fevereiro. Depois do Milleniun e do Manaus Plaza iniciar a onda de descontos ainda em janeiro, agora é a vez do Manauara e do Amazonas Shopping. As duas redes anunciaram liquidação com redução de preço entre 30% a 70%.

As promoções pretendem acabar com o atual estoque de produtos para a chegada da coleção outono-inverno.

No Amazonas Shopping a liquidação denominada “Ponto Mix” se inicia na quinta-feira (3) e vai até o domingo (6). A queima vai englobar lojas do segmento de vestuário, calçados, acessórios, informática, eletro-eletrônico, perfumaria, cosméticos, brinquedos e até alimentação, com algumas promoções específicas. “Esperamos uma adesão de pelo menos 80% das nossas lojas”, afirma o gerente de marketing do Amazonas Shopping Bruno Barros.

Manauara
No mesmo período, o Manauara Shopping realiza a “Liquidação Código Verde”. Os descontos também chegam a 70% e os consumidores concorrem a brindes

A campanha do shopping também vai tentar levar uma mensagem ecológica para seus consumidores, que poderão deixar textos ecológicas em uma sacola com mais de dois metros de altura e receber orientações e cartilhas sobre as entidades que reciclam materiais como papel, metal e vidro, em Manaus. De brinde, cada cliente receberá imãs com a mensagem “Recicle – Tome Uma Atitude Verde”. Serão mais de 10 mil folders e 10 mil imãs distribuídos.

Siga-nos no twitter: www.twitter.com/ReporterOnline2

 Monique Alencar

jorn_mmabelle@hotmail.com     Twitter: @Monique_Alencar

Seduc aumenta o número de vagas e prorroga inscrições de concurso

Com alteração do edital, prova passa a ser aplicada no dia 22 de maio. Inscrições prosseguem até o dia 28 de fevereiro no site http://www.cespe.unb.br 

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) alterou o edital de seu concurso público prorrogando as inscrições até o dia 28 de fevereiro. O cadastro, de acordo com o órgão permanecerá sendo feito de forma online no site www.cespe.unb.br.

Com a alteração, a data da prova, marcada para o dia 17 de abril, foi modificada para o dia 22 de maio, sob a organização do Centro de Seleção e Promoção de Eventos (Cespe-UnB).

Pelo novo edital, que será divulgado nesta quinta-feira no Diário Oficial do Estado (DOE) o Governo do Amazonas amplia o número de vagas oferecidas no concurso para 7.703 cargos, já contabilizando o acréscimo de vagas destinadas aos profissionais formados em Sociologia e Filosofia, que juntos, agora, dispõem de 46 novas vagas no certame.

De acordo com o Departamento de Planejamento da Seduc, assim como a ampliação do número de vagas, o concurso terá ampliado de 5% para 10% o número de cargos direcionados aos portadores de necessidades especiais e também serão incluídas provas de títulos para Nível Superior.

Salários

Estão sendo ofertadas 7.703 vagas para todos os 62 municípios. Para o nível superior, são 6.343 vagas, distribuídas para os cargos de professor, pedagogo, bibliotecário, nutricionista, psicólogo, assistente social, estatístico e contador. Os salários vão de R$ 994,51 a R$ 2.349,78 (ver quadro). Exceto os cargos de professor e pedagogo, todos os demais são para o regime de 30 horas semanais.

Para o cargo de professor, os componentes curriculares são para as áreas dos Anos Iniciais (curso normal superior), Português, Inglês, Artes, Matemática, História, Geografia, Educação Física, Religião, Ciências, Biologia, Química, Física, Filosofia, Sociologia, Espanhol, Educação Especial I, Educação Especial II, Educação Especial III e Educação Especial IV.

Para quem tem ensino médio, são 757 vagas para assistentes administrativos, com o salário de R$ 746, 71, com 30 horas semanais. Para o ensino fundamental, são 603 vagas para merendeiros, com o salário de 623,36, também com 30 horas semanais.

O último concurso realizado pelo governo do Amazonas para a área da educação foi em 2003, que ofereceu 5.998 vagas.

 

Publicado por: Repórter Online | 4 de janeiro de 2011

CIDADE>>Operação contra a Dengue

Maxcilene Azevedo  mmaxbrelaz@gmail.com Twitter: Max_Azevedo

Operação combate a Dengue 2011

Prefeitura anuncia 1º LIRAa de 2011, como parte da Operação Impacto de Combate à Dengue.

Na próxima segunda-feira (10), a Prefeitura de Manaus dará início ao 1º Levantamento do Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) de 2011. Por meio do levantamento, serão inspecionados 117.912 imóveis em Manaus.

A partir do LIRAa é possível monitorar a presença das larvas do mosquito da Dengue na cidade, com o objetivo de traçar estratégias que permitam manter a doença sob controle, conforme explica o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato. O LIRAa se estenderá até o dia 21 de janeiro.

O cronograma de inspeções da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) prevê a realização de quatro levantamentos neste ano, mantendo a estratégia de monitoramento permanente da Dengue. O levantamento é feito trimestralmente e com base em seus resultados são definidas as ações de controle da doença, priorizando as áreas onde há maior infestação do mosquito. “Cerca de 300 agentes de endemias estarão envolvidos no primeiro LIRAa de 2011.

As equipes farão a identificação e a eliminação dos focos da Dengue. Esta atividade integra, ainda, as ações da Operação Impacto de Combate à Dengue, iniciada pela Prefeitura no dia 14 de dezembro”, ressaltou Francisco Deodato. O secretário frisa que o índice de infestação de larvas dos mosquitos da Dengue nos imóveis de Manaus caiu de 2,7%, registrado em julho de 2010, para 1,5%, em outubro, mantendo-se abaixo do limite de alto risco de transmissão da doença estabelecido pelo Ministério da Saúde (MS), que é de 6%. Operação Impacto. Até o fim desta semana, serão concluídas as visitas e o trabalho de eliminação dos focos do mosquito transmissor da Dengue em mais 44.690 imóveis da cidade. 

 Entre os bairros onde as inspeções serão concluídas nos próximos dias estão Zumbi, Colônia Santo Antônio, Lírio do Vale, Planalto e Cidade Nova. Neste último foram incluídos no cronograma de visitas os conjuntos e comunidades Amazonino Mendes I; Novo Aleixo I, II e III; Colônia Japonesa; Núcleos 15 e 16; Conjunto Águas Claras; Conjunto Vila Rica; e Parque das Garças I e II.

Os próximos locais a receberem as equipes serão São José II, Alvorada e Bairro da Paz, ainda na primeira quinzena de janeiro, de acordo com o cronograma da Semsa. No total, 3.200 agentes e militares estão envolvidos nas atividades de identificação e tratamento de criadouros do mosquito transmissor da doença, em imóveis de todas as zonas da cidade.

O cronograma de visitas da Operação prevê inspeções em 392.882 imóveis. A meta é reduzir a menos de 1% o Índice de Infestação Predial (IIP) pelo Aedes aegypti, mosquito transmissor da Dengue, até março de 2011, quando a Operação Impacto deve ser finalizada.

Publicado por: Repórter Online | 10 de dezembro de 2010

CIDADE>> Casas são destruídas na Zona Norte de Manaus

Layanna Franco

layanna_tf@hotmail.com

Ontem, no bairro Parque das Garças e no Águas Claras famílias foram obrigadas a saírem de suas casas. Isso, porque os loteamentos vendidos não estavam regularizados. A ação veio cumprir aos três mandatos de reintegração de posse. As casas teriam sido construídas em áreas ambientais, e particulares, ou ainda, áreas institucionais. Segundo os moradores, os lotes foram comprados da corretora Silma Braga, do Banco de Negócios Imobiliários.

A operação teve a participação de 200 policiais militares, agentes do Instituto de Planejamento Urbano (Implurb) e da Secretaria Municipal de Infraestrutura ( Seinf).

Conforme os moradores os lotes foram comprados por 8 e 10 mil reais. Eles mostraram recibos com o nome de Silmara Braga sendo proprietária do Banco de Negócios Imobiliários (BNI). As pessoas que tiveram que sair de suas casas disseram que vão procurar o Ministério Público para fazer uma denúncia contra a corretora, eles ainda falaram que não sabiam que os terrenos que haviam comprado já tinham proprietários.

Disan Plácidos, 32, em depoimento para o jornal A Crítica, disse que comprou o lote por 5 mil reais de Silma Braga. “Eu não sabia que era área institucional. Eu ergui cada tijolo da minha casa com o suor do meu trabalho e agora vim saber que fomos enganados por essa mulher .”, declarou.

Pedido de Prisão

João Neto, Delegado titular do 6º Departamento Integrado de Polícia contou que já havia recebido inúmeras denúncias contra Silmara. Entre as acusações que que pesam contra a corretora está formação de quadrilha, estelionato, crime ambiental que implicou no pedido de sua prisão preventiva, no dia 17 de novembro.

Silmara

A corretora, em entrevista a uma rádio, nega que os lotes que vendeu eram ilegais. Ela disse que alguns moradores procuraram-na para regularizar a sua situação e acabou descobrindo que o lote havia sido comprado do Governo do Estado em 1952 por Pedro Silveira Carvalho. Ela afirmou que apenas exigia que pagassem pela regularização e, disse que fez um pedido de cadeia dominial da área.

Com informações do Jornal A Crítica.

Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/ReporterOnline2

Older Posts »

Categorias